quarta-feira, 30 de maio de 2018

Sombra - Oficinas

@Madalena Matoso

Partindo dos pressupostos que estiveram na origem do espetáculo Sombrade Aldara Bizarro, e usando as linhas orientadoras do mesmo, a Fábrica das Artes do CCB acolheu três actividades paralelas entre 28 de fevereiro e 10 de março deste ano: uma oficina de dança e filosofia, uma oficina de dança e desenho e uma mesa redonda.





Oficina de Dança e Filosofia | Aldara Bizarro e Dina Mendonça
Pensar faz Sombra

Entre 28 de fevereiro e 4 de março deste ano desenvolveu-se esta oficina em que, a partir da alegoria da Caverna da República de Platão e das suas várias interpretações, a coreógrafa Aldara Bizarro e a filosofa Dina Mendonça, exploraram o significado das sombras através da composição de exercícios que se situaram no cruzamento entre a Dança e a Filosofia.
Durante duas horas e meia, crianças e adultos interagiam com as sombras, as nossas e as dos outros, de modo a criar uma experiência de reflexão e perceber o que podemos fazer com elas.

@Madalena Matoso



Oficina de Dança e Desenho | Aldara Bizarro e Madalena Matoso
Alinha com a Sombra

Esta oficina que decorreu de 7 a 11 de março, com orientação da coreógrafa Aldara Bizarro e a ilustradora Madalena Matoso, aprofundou técnicas de exploração que cruzam a Dança com o Desenho, de modo a investigar a sombra enquanto fenómeno físico (resultado da luz ou ausência dela) e enquanto ponto de vista filosófico (o lado escuro das pessoas e da natureza).

@Madalena Matoso

Mesa Redonda - Exercícios de Arte e Pensamento | Aldara Bizarro e Dina Mendonça
Mergulho na Sombra

No dia 10 de março, Aldara Bizarro e Dina Mendonça orientaram este encontro com caráter teórico-prático, propondo ações de partilha da experiência de trabalho de equipa e o entendimento de como a arte produz e potencia o pensamento crítico e criativo. Quem dança pensa, quem pensa dança.

Sem comentários:

Enviar um comentário